sábado, 30 de dezembro de 2017

Random #9

Olá! Já que tenho falhado tanto por estes lados e nem consegui vir desejar-vos um Feliz Natal, aproveito para desejar-vos já um Feliz Ano Novo porque amanhã vai ser dia de trabalho de manhã à noite, à semelhança do que aconteceu no passado dia 24, o que não abona nada a meu favor, nem facilita muito as coisas. Mas desculpas à parte, vamos ao que interessa. Balanço literário, top e desafios para o novo ano que está à porta serão tópico de outros posts.

2017 mostrou-se estranhamente rápido. Este ano comecei a perceber que devo abrir-me a novos desafios, a deixar de querer tudo planeado e tão sob o meu controlo porque é assim que normalmente me sinto mais confortável. A rotina aborrece-me, mas saber que estou perante algo que me é novo deixa-me sempre com os nervos à flor da pele e isso não deve acontecer. Às vezes sair da linha é bom, sabe bem e só nos pode trazer coisas boas e mesmo que traga algumas menos boas, essas também fazem parte. Foi nas minhas leituras que percebi que o melhor é não fazer grandes desafios e/ou planos, inicialmente eu pretendia ler 50 livros (se fossem mais, melhor) e acabei por reduzir a minha meta e conseguir ler apenas 30, mas sinto-me bem com isso, porque sei que a correria da vida pessoal e laboral não me permitiu muito mais, uma vez que trabalho 6 dias por semana e às vezes só me apetece não fazer simplesmente nada, sabem? Fazer um detox de tudo, carregar no botão off e simplesmente descontrair. Isto tudo para dizer que 2017 apesar dos seus imprevistos foi um bom ano, com poucas mas boas leituras, com grandes aprendizagens e com algumas explorações. Só peço que 2018 seja igual ou melhor, que me ensine a ser mais e melhor porque eu acredito que temos sempre a nossa melhor versão ainda por trazer à tona e que a cada dia que passa aprendemos algo novo. O Sabores e Dissabores Literários vai continuar e vou tentar (sem grandes promessas para não correr o risco de falhar) mantê-lo mais ativo, porque estes últimos meses têm sido de algum trabalho e cansaço o que se reflete bastante no tempo que passo diante do computador e que dedico a este meu espaço, mas quero imenso tentar trazer novo conteúdo e manter as coisas mais ordem do que aquilo que tem acontecido ultimamente. 
Quanto a vocês, desejo-vos tudo de bom para este ano que está aí à porta. Que 2018 vos traga muito amor, paz, saúde, mas também tudo aquilo que vocês desejaram para 2017 mas que por algum motivo  não receberam. Que seja também um ano cheio de muitas e boas leituras!

3 comentários:

  1. Olá!
    Por vezes, quanto menos planeamos melhor é mesmo, também me estou a aperceber disso.
    Espero que tenhas um ótimo 2018, cheio de boas leituras, beijinhos.

    ResponderEliminar
  2. Um feliz ano de 2018 com muito amor, saúde, paz e alegria!! Com tudo de bom.
    Um beijinho

    ResponderEliminar