sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Opinião | Fangirl - Rainbow Rowell

Olá! Esta é das opiniões que mais me custou a escrever por ser de um livro que toda a gente parece adorar, menos eu. O pior é que eu no início até estava a gostar bastante do livro, mas a dada altura estava apenas a ler por ler e decidi deixá-lo a meio.


Nome: Fangirl
Autora: Rainbow Rowell
Editora: Edições Chá das Cinco
Edição/reimpressão: 2015
ISBN: 9789897102097
Páginas: 448
Sinopse: "Cath ama os seus livros e a sua família. Haverá espaço para mais alguém? Todo o mundo é fã dos livros de Simon Snow. Mas Cath vai mais longe: ser fã desses livros tornou-se a sua vida. Ela e a sua irmã gémea, Wren, refugiaram-se na obra de Simon Snow quando eram miúdas, e na verdade foi isso que as salvou da ruína emocional que foi a perda da mãe. Ler. Reler. Interagir em fóruns, escrever ficção baseada na obra de Simon Snow, vestir-se como as personagens dos livros. Mas essas fantasias deixam de fazer sentido quando se cresce, e enquanto Wren facilmente abandona esse refúgio, Cath não consegue fazê-lo. Na verdade, nem quer. Agora que vão para a universidade, Wren não quer ficar no mesmo quarto de Cath. E esta fica sozinha e fora da sua zona de conforto. Partilha o quarto com uma miúda arrogante; tem um professor que despreza os seus gostos; um colega atraente mas que apenas fala sobre a beleza das palavras... e, ainda por cima, Cath não consegue parar de se preocupar com o seu pai, tão querido, frágil e solitário. A pergunta paira no ar: será que ela consegue triunfar sem que Wren lhe dê a mão? Estará preparada para viver a vida em seu nome? Escrever as suas próprias histórias? E se isso significar deixar Simon Snow para trás?"

Opinião: Esta leitura foi um caso raro, raríssimo diria eu, sendo este um livro muito acarinho por muitos leitores e de uma autora que quase toda a gente gosta, mas eu fui certamente uma das poucas excepções que se deu mal com a autora e este livro em questão.
    Este livro conta-nos a história de duas irmãs, a Cath e a Wren que são muito unidas que estão prestes a iniciar a sua nova vida universitária, mas elas são tão distintas que as experiências acabam por ser também elas muito opostas. Cath é tímida, reservada e tem uma paixão nada secreta pelos livros de Simon Snow, escrevendo uma das fanfics mais lidas da internet que tem como protagonistas o Baz e Simon, enquanto que Wren já evoluiu e ultrapassou essa fase, querendo é aproveitar a sua estadia e passagem pela universidade longe de casa para sair e divertir-se tanto quanto lhe é possível.
   O livro centra-se essencialmente em Cath com a qual me identifiquei de imediato em inúmeros aspectos e isso foi um dos factores que me fez gostar mais dela e tomá-la como uma das minhas personagens preferidas desta história, mas a certa altura do livro isso mudou. Mudou muito! Revi-me nela porque era parecida com ela há uns dois ou três anos atrás e talvez se tivesse lido este livro nessa altura tivesse conseguido gostar mais dele, mas presentemente ele não funcionou.
   Cath partilha o quarto com uma rapariga algo diferente de si, Reagan, que depressa muda a vida de Cath para melhor, fazendo-a sair uma vez ou outra vez, mas a avaliar pela vontade dela ficava o dia todo o quarto de preferência a escrever, saindo unicamente para ir às aulas.
   Não há qualquer dúvida que algumas das temáticas abordadas neste livro são importantes, mas a dada altura o livro torna-se demasiado infantil e repetitivo. Deixei de sentir empatia pela Cath e ela começou a enervar-me seriamente com aquele comportamento, podia mudar e evoluir ao longo da história, mas para mim essa evolução nunca existiu. Também não lhe dei grande margem para dúvidas quando deixei o livro a meio, mas sejamos sinceros, quase 300 páginas são suficientes para uma personagem evoluir um bocadinho. Deixou de ter piada aquela coisa toda de ser tímida e chegar a pontos de se abastecer com barras de cereais para evitar ir à cantina da universidade e cruzar-se com pessoas desconhecidas.
   Inicialmente a ideia de incluir capítulos do livro de Simon Snow e capítulos da fanfiction escrita por Cath no intervalo dos capítulos da narrativa pareceu-me muito boa e ajudou a variar e tornar a leitura mais rica, mas aquilo foi acontecendo em todas as passagens dos capítulos e chegou a uma altura em que simplesmente desisti de ler aqueles extras que mais pareceram ser para encher chouriços e tornar o livro maior.
   Um livro inacabado com muita pena minha, mas ao qual ainda assim dou as 2 estrelas pelo facto de abordar temas pertinentes e pelo facto de inicialmente estar a adorar o livro.
  Para primeira experiência com a autora a coisa correu um bocadinho para o mal, mas não pensem que desisti. Vou querer ler, eventualmente, mais alguma coisa da autora. Só não sei é quando ou que livro. Uma coisa é certa, ainda tenho Eleanor & Park debaixo de olho.

"- É só que..tudo. Há demasiada gente. E não me encaixo. Não sei como hei-de ser. Nada daquilo que sei fazer bem interessa ali. Ser inteligente não interessa - nem ter jeito para as letras. E quando essas coisas realmente interessam, é só porque as pessoas precisam de alguma coisa de mim. Não porque precisem de mim."
Pág: 253
Playlist: 

Classificação: 

Quem já leu esta autora e gostou?

1 comentário:

  1. Olá!
    Bem...já não me sinto tão mal. Nunca li este livro, mas li o "Por Um Fio (Landline) e não gostei. E nunca mais li nada da autora, nem tenho vontade.
    Acho que não é mesmo a minha onda!
    Os próximos serão melhores.
    Beijinhos a

    ResponderEliminar