sexta-feira, 4 de março de 2016

Opinião | Espero por ti - Jennifer Armentrout

Olá! Hoje é dia de uma opinião de um livro do qual gostei bastante, acabando por fazer parte do meu Top 5 de 2015.
Nome: Espero por ti
Autora: Jennifer Armentrout
Editora: 5 sentidos
Edição/reimpressão: 2014
ISBN:  978-972-0-04627-7
Páginas: 352
Sinopse: "Candidatar-se a uma faculdade a centenas de quilómetros de casa foi a única forma que Avery Morgansten, de dezanove anos, encontrou para fugir ao acontecimento fatídico que, cinco anos antes, mudara a sua vida para sempre. No entanto, quando se cruza com Cameron Hamilton, um colega mais velho, com um metro e oitenta de altura e uns olhos capazes de derreter qualquer uma, o seu mundo estilhaça-se por completo. Envolver-se com ele é perigoso, mas ignorar a tensão entre os dois parece impossível.
Até onde estará Avery disposta a ir e o que fará para esquecer o passado e viver aquela relação intensa e apaixonada, que ameaça ruir todas as suas certezas e dar-lhe a conhecer um mundo de sensações que julgava estarem-lhe negadas para sempre?"

Opinião: Este é daqueles livros que eu tinha quase a certeza de que não me desiludiria, há imenso tempo que estava na minha wishlist e depois de ver o ebook a metade do preço, decici que seria a oportunidade ideal para o adquirir e poder finalmente lê-lo.
    Este livro conta-nos a história de Avery Morganten, uma adolescente de 19 anos, que está prestes a entrar na Universidade mais longínqua possível da sua casa como forma de manter-se bem longe da mesma e tentar esquecer alguns acontecimentos do seu passado e fugir aos insultos e perseguições de que era constantemente alvo na sua antiga cidade.
    Filha de pais bem sucedidos na vida, ricos, mas tão frios e distantes que até faz impressão, Avery sente que precisa de começar um caminho novo sozinha, uma vez que nem os seus pais se dispõe a ajudá-la nesta nova caminhada. Este foi um ponto bem pertinente que a autora optou por abordar nesta história, porque certamente que retrata a realidades de muitos jovens: a ausência dos pais que dão mais valor à sua classe social do que ao bem estar dos próprios filhos.
    Logo no primeiro dia de aulas Avery cruza-se com Cameron Hamilton, um dos rapazes mais populares da Universidade e capaz de derreter qualquer coração feminino, até mesmo o coração ferido de Avery se derrete ligeiramente naquele primeiro encontro.
    Os dois acabam por desenvolver e construir uma amizade que vai ganhando contornos de algo mais sério do que aquilo que eles querem admitir. Esqueçam todo o cliché de rapariga tímida com o ego ferido que se apaixona pelo rapaz mais conhecido da escola, este livro é claramente mais do que isso. Vai tão além disso que em momento algum ponderei colocar a palavra cliché nesta opinião.
    O ritmo em que as coisas vão avançando é maravilhoso, a autora soube perfeitamente como fazer as coisas na altura e medida certa sem apressar nada nem ninguém. Cameron é muito mais do que o rapaz mais popular, é um rapaz também ele com as suas feridas e com um passado com que não contamos, contudo somos incapazes de tecer quaisquer julgamentos. Avery embora tenha tido também ela um passado muito marcado pela dor, permite-se dar-se a conhecer a Cameron e vice-versa, mas muitas são as vezes que dá um passo à frente e dois atrás devido aos receios que ainda a preenchem.
    Estas foram duas personagens pelas quais é quase impossível não nos apaixonarmos num primeiro momento, ambas nos mostram como todos somos feitos de coisas boas e menos boas e, de como devemos procurar ultrapassar os erros cometidos, mas acima de tudo o passado.
  Se avaliarmos todo este livro facilmente nos apercebemos que este retrata assuntos bem interessantes e pertinentes: mostra-nos como o contexto familiar – sendo bom ou mau, acabando por nos revelar ambos os lados – pode marcar um adolescente, fala-nos do bullying e de outras tantas coisas que não posso revelar por ser spoiler.
    A escrita da autora, embora sem grande floreados, foi outro ponto muito positivo para mim. É uma escrita que nos faz sentir tão próximos das personagens quanto possível, existe até momentos em que é inevitável não sofrermos também com elas.
    Definitivamente esta foi uma leitura de cinco estrelas e que aconselho a qualquer fã de New Adult.
Só há uma coisa que me intrigou neste livro e que quero referir para não existirem mais pessoas a pensar o mesmo que eu. Aquela bolinha vermelha no canto superior da capa do livro induz muitos leitores a erro, este livro é sem sombra de dúvidas um new adult pelo que tem algumas cenas de sexo, mas acreditem em mim quando são menos do que aquelas que faz crer quando vimos a bola e ainda bem, porque o conteúdo do resto do livro é muito melhor. Há livros bem mais explícitos e com bem mais cenas de sexo do que este, leia-se livros do género erótico, e que não têm aquela bolinha, então achei de alguma forma desnecessária a mesma, mas pronto, pormenores.

Classificação: 

Playlist: 

4 comentários:

  1. Viva,

    Bem assim dá gosto ler e sem duvida que nota-se claramente que foi um livro que te marcou, fica desde já registada a tua recomendação, tenho que ler :)

    Bjs e boas leituras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá,
      Sim, pessoalmente gostei bastante deste livro!
      Beijinhos.

      Eliminar
  2. Olá
    Ainda bem que gostas :)
    Parece ser dos livros que sabe ler de vez em quando.
    Beijinhos e boas leituras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá,
      É mesmo, às vezes sabe bem ler estes livros que embora abordem temas sérios são mais leves e lêem-se num ápice. :)
      Beijinhos.

      Eliminar