terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Opinião | In Loving Memory Of - S. Formigo

Olá! Este é daqueles livros que tenho mais de um mês para opinar aqui no blog, com opinião já feita, falta-me apenas os últimos retoques que finalmente foram feitos. Sinceramente acho que esta semana vai ser dedicada apenas a opiniões literárias, principalmente de três livros que me foram cedidos pelas editoras e já foram lidos. Por isso se a semana for toda corrida a opiniões, não estranhem.
Título: In loving memory of
Autora: S. Formigo
Editora: Chiado Editora
Edição/reimpressão: 2014
ISBN: 978-989-51-1752-9
Páginas: 450
Sinopse: "In loving memory of conta a história de Bianca, uma mulher misto de humano, vampiro e anjo que nos narra a sua viagem através dos tempos.
Num universo caótico e secreto no qual a vida se encontra com a morte, entre segredos amaldiçoados, lendas esquecidas e verdades perdidas, surge uma civilização semi-humana em constante conflito com a imortalidade, com a justiça e a culpa, com o desejo e o dever. Neste ambiente sedutor e mágico, o sentimento que a une a Christian perdura na eternidade da existência e constrói toda a fantástica aventura de encontros e desencontros que os une, separa e conduz… até ao presente.
Uma história de esperança, destino e convicção na qual S. Formigo narra a apaixonante e trágica lenda de um amor condenado e eterno na imortalidade da alma."
Opinião: Confesso que demorei imenso tempo a terminar esta leitura, inicialmente custou-me um pouco a ambientar-me à história e à própria escrita da autora, mas foi daqueles casos que primeiro estranha-se e depois entranha-se, pelo que no final este livro se revelou uma agradável surpresa.
     Este livro conta-nos a história de Bianca, uma jovem que é filha de um anjo e de uma humana, sendo por isso metade humana e metade anjo. Devido ao facto de Bianca ser um ser diferente e sobrenatural, assim que nasce esta é abandonada sendo posteriormente acolhida por freiras passando a grande parte da sua infância e adolescência num convento onde é aceite e muito bem tratada, contudo não se sente inteiramente bem ali porque sabe que as visitas que vão sendo feitas ao longo do tempo ao convento põe em risco a sua segurança enquanto ser diferente, assim como a de todas as pessoas que se disponibilizaram a acolhê-la, incluisve a sua tia que também está naquele convento e faz de tudo para assim se manterem.
     Uma vez que ela não se sente completamente bem naquele convento, um dia decide fugir e acaba por ser acolhida por uma senhora que promete dar-lhe comida e guarida em troca do seu trabalho na estalagem na qual é dona. Mais uma vez as coisas não correm como Bianca deseja e durante a sua curta estadia naquela estalagem conhece Lucius que depressa se revela um bom amigo e oferece-se para levá-la para o palácio da família Blanchard onde Bianca virá a ser aia da baronesa.
     E é nesse palácio que a vida de Bianca dá uma grande reviravolta, é no mesmo que ela conhece Cristian que virá a ser o amor da sua vida e com o qual resolve fugir em busca de uma vida a dois que lhes permita viver o seu amor livremente.
     Tudo corre bem por algum tempo até que Cristian fica doente e Bianca sente necessidade de recorrer a ajuda de Nannock que lhe foi indicado pela sua tia e que mudará para sempre a sua vida e a de Cristian tornando-os aos dois em vampiros. É aqui que a vida de dois se altera para sempre, uma vez que passam a estar confinados a uma vida eterna o que lhes permite viver o amor que os une por um tempo indeterminado o que inicialmente é uma ideia muito tentadora.
     A partir daqui o livro revela-se uma verdadeira surpresa, Bianca e Cristian partem juntamente com Nannock e a sua acompanhante Ivanna, rumo ao castelo Illiam onde todos permanecem juntos e desenvolvem laços fortes de amizade e proteção.
     Mas nem tudo é um mar de rosas e os vampiros vêem-se em perigo quando os Naegiri, uma organização que quer terminar com a raça dos vampiros, organiza um ataque ao castelo e põe em risco a vida de todos aqueles que lá habitam.
     A escrita deste livro é um dos fatores mais interessantes, o mesmo é escrito na primeira pessoa, sendo Bianca quem nos conta toda a sua história e com a qual facilmente ganhamos uma ligação porque a tomamos como uma amiga que nos conta a sua própria história o que se revela realmente interessante, dá uma maior liberdade à autora e aproxima mais os leitores da história.
     Gostei muito do livro, tem uma narrativa que tem sempre acontecimentos atrás de acontecimentos e uma coisa é certa a forma como se inicia revela-se logo interessante. Logo no início Bianca fala-nos no fim de todos os acontecimentos e quando está mesmo no “fim do poço” e a partir daí conta-nos toda a sua história, sendo que no último capítulo estamos de volta ao presente e constatamos o porquê desta jovem se sentir tão triste e angustiada no início.
     Uma verdadeira surpresa e que aconselho a todos aqueles que apreciam livros do género fantástico!
"Os meus pensamentos formavam um remoinho tempestuoso que nem eu própria conseguia desvendar; tudo era caos e confusão de sentimentos nesta teia resplandescente de ideias e verdades."
Pág: 221
Classificação:

Playlist:

Esta leitura teve o apoio da Chiado Editora que me enviou o exemplar em troca de uma opinião sincera.

E vocês, já tinham ouvido falar deste livro? São fãns de livros do género fantástico?

4 comentários:

  1. Olá
    Fiquei com muita curiosidade :)
    Acho que era um livro que iria gostar!
    Beijinhos e boas leituras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá,
      Acredito que sim, eu pessoalmente gostei bastante. :)
      Beijinhos.

      Eliminar
  2. Olá!
    Que bom que gostaste! Este não parece ser uma leitura que vá ao encontro dos meus gostos, pois não sou muito fã de fantástico.
    Ah e adoro as playlist´s das tuas leituras :)
    Beijinhos e boas leituras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá,
      Pois, para quem não é fã de leituras do género fantástico, não aconselho este livro. :)
      Ahaha, obrigada!
      Beijinhos.

      Eliminar