segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Opinião | Teremos Sempre Londres - Sofia Costa Lima

Olá! Hoje é finalmente dia de mais uma opinião aqui no blog. Desta vez, trago-vos a opinião de um livro de uma autora portuguesa, sendo este o seu primeiro livro. Posso desde já adiantar-vos que gostei muito  pelo que vou, certamente, querer ler mais livros desta autora.


Título: Teremos sempre Londres
Autora: Sofia Costa Lima
Editora: Chiado Editora
Edição/reimpressão: 2013
ISBN: 9789895104024
Páginas: 116
Sinopse: "Carolina, de 17 anos, conhece o jornalista Miguel, de 26 anos, num workshop e desde logo fica rendida ao seu charme. A paixão acaba por falar mais alto mas Miguel, com medo de represálias devido à diferença de idades, quer levar tudo com calma. O que ele não sabe é que o problema chegará quando a mãe de Carolina, Luísa, regressar após 3 anos sem dar notícias.
**
– Felizmente fiz algo bem. Eduquei-te para que lutasses pelo que acreditas e que fizesses sempre tudo para seres feliz. Conseguiste-o. Nisso não podes dizer que errei.
– Talvez não tenha errado aí mas foi graças ao meu pai que eu consegui ser feliz, não foi graças a si. – Virou-se para Miguel. – Vamos embora. – Andaram uns metros e Carolina voltou-se para Luísa:
– Sabe o que devia fazer, Luísa Devia, sem dúvida, voltar para onde esteve estes três anos. ou, quem sabe, ir para um lugar novo e diferente. Acho que não tem nada que a prenda aqui. Devia procurar o seu lugar no mundo. Não devia querer impor-se na vida de alguém depois de decidir abandonar essa vida."
Opinião: Este livro conta-nos a história de Carolina que conhece o jornalista Miguel num workshop de escrita criativa, com o qual ganha desde logo uma grande afeição.
     Por um lado temos Carolina que é uma jovem rapariga determinada, divertida e que já passou o quanto baste na vida quando a sua mãe, Luísa, a abandonou durante umas férias quando ela tinha apenas 15 anos e, por outro temos Miguel que é um homem maduro, sensato e bem sucedido profissionalmente.
     Achei que os personagens principais eram muito genuínos e cativantes, contudo achei a relação destes dois muito repentina. Inicialmente eles são apenas amigos, mas achei que seria pertinente existir uma outra abordagem à relação destes dois. Passo a explicar esta minha ideia: o livro inicia-se na última sessão do workshop, contudo se este começasse com a primeira sessão do mesmo talvez tivéssemos mais tempo para absorver e conhecer a relação destes dois desde o início, sem sermos confrontados logo com um momento em que percebemos que ali há mais qualquer coisa do que amizade, mas acho que o que implicou esta pequena lacuna foi o facto deste ser um livro pequeno. Quero frisar que apenas faço este reparo na relação dos nossos protagonistas porque sou daquelas leitoras que gosta de ir saboreando as coisas pouco a pouco, que gosta de ir conhecendo os personagens e o seu desenvolvimento lentamente, mas isso dependerá de leitor para leitor.
     Apesar de tudo achei os contornos desta relação muito interessantes: a nossa personagem feminina, Carolina tem apenas 17 anos, enquanto que Miguel tem 26 anos o que implica uma diferença de idades de 9 anos. Confesso que essas questões das diferenças de idades não me fazem confusão alguma, mas não deixa de ser uma questão muito interessante e pertinente para ser abordada num livro porque realmente o amor não escolhe idades e devemos ter a liberdade suficiente de decidir quem queremos ao nosso lado, então nesse sentido o livro foi muito bom porque passou-nos uma mensagem muito importante.
     Também gostei muito do facto do livro não se focar somente da relação entre o casal, mas também nos dar um cheirinho das suas vidas familiares, sociais e profissionais.
     Bem perto do final somos confrontados com uma cena final bem inesperada, assim como com uma aparição de uma pessoa bem indesejada, mas as coisas lá acabam por resolver-se da melhor maneira possível.
     A escrita da autora é simples e muito acessível a qualquer leitor, sendo que este livro se lê perfeitamente numas horas, contudo este livro também peca um pouco devido ao seu tamanho, achei-o muito pequenino. Apesar de tudo, foi uma leitura muito leve e divertida e era precisamente disso que eu precisava na altura em que decidi ler este livro e sendo o primeiro livro da autora acho que ela se saiu lindamente.

"- Queres saber algo ainda melhor? 
- Se me conseguires surpreender!

- Amo-te ainda mais - Riram e voltaram a beijar-se. - O que acontece se houver mais coisas a meter-se entre nós? - Perguntou Miguel.
- Se mais alguém se meter entre nós e tentar separar-nos? - Miguel assentiu. - Bem, nesse caso nós mostramos a essas pessoas o que é o amor."

Pág: 113
Classificação: 
Playlist: 

Esta leitura teve o apoio da Chiado Editora que me enviou o exemplar em troca de uma opinião sincera.

E vocês, já conheciam esta autora?

7 comentários:

  1. ela anda a escrever a continuação ;)

    ResponderEliminar
  2. Ois,

    Eu sugeri-te um bom livro da Chiado, não segues a sugestão do corvo ehehe, bem mas parece que ainda assim valeu a pena, um livro que podia ser um pouco maior segundo percebo :D

    Bjs e boas leituras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá,
      Está anotado o livro que me sugeriste, vou ver se ainda o leio este ano, a sério que sim!
      Beijinhos.

      Eliminar
  3. Eu vou seguir o teu blog por minha conta e risco porque eu já tenho as minhas Crónicas de uma Leitora Compulsiva e a minha to-read list já está do tamanho do mundo... cheira-me que seguindo o teu blog, a minha lista vai dar para ir à Lua e voltar xD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá,
      Ahahah, é sempre vou ver a nossa wishlist a aumentar, sofro do mesmo! :)
      Obrigada por seguires o blog!
      Beijinhos.

      Eliminar
  4. Normalmente os livros de autores portugueses não em entusiasmam muito, mas fiquei curiosa com este, devido à tua opinião. Quem sabe um dia não arrisco :)

    ResponderEliminar