terça-feira, 2 de junho de 2015

Filme | Pássaro branco

Olá! Hoje é dia de mais uma opinião de um filme que vi durante o fim-de-semana. Tenho que admitir que só o quis ver porque a Shailene Woodley entrava no filme e era a personagem principal, senão fosse isso talvez nem pegasse neste filme, mas fiquei curiosa e quis vê-la num registo diferente, mais dramático.
Só mais uma coisa, tenho comentários vossos pendentes, mas assim que tiver um tempinho respondo-vos e vou atualizar-me nos vossos blogs que é outra coisa em que estou em falta.

Título original: White Bird in a Blizzard
Ano: 2014
Duração: 1h31
Elenco: Christopher Meloni, Eva Green, Shailene Woodley, Shiloh Fernandez, Thomas Jane.
Género: Drama, triller.
Sinopse: Kat Connors tem 17 anos quando a sua perfeita mãe doméstica, Eve, uma bela, enigmática e assombrada mulher, desaparece – logo quando Kat está a apreciar a sua recentemente descoberta sexualidade. Tendo vivido durante muito tempo num ambiente emocionalmente repressivo e sufocante, Kat mal se apercebe da ausência da mãe, não responsabilizando o seu pai por esta perda, um homem simples e servil. Na realidade, sente uma espécie de alívio. Mas com o passar do tempo, Kat começa a aperceber-se do quanto o desaparecimento da sua mãe a está a afetar. Um dia, ao regressar a casa da escola, Kat confronta-se com a verdade acerca da partida da mãe, e com a sua própria negação relativamente aos acontecimentos que a rodearam.
Opinião: O filme conta-nos a história de uma jovem Kat Connors (Shailene Woodley) que se depara com o desaparecimento da sua mãe do dia para noite, contudo não se sente triste, nem tão pouco demonstra ter saudades da mesma. Estranho, certo? Bem, o que é certo é que em todo o desenrolar da história nos deparamos com cenas assim. Cenas estranhas. 
No filme estamos claramente perante uma família disfuncional e um casal infeliz. Se por um lado temos a ideia de que Eve (Eva Green) se casou com Brock (Christopher Meloni) por conveniência, por outro temos a plena noção de que ele está com ela até então apenas por acomodação e disto não se podia esperar nada de bom. Eu acho que a falta de felicidade destes pais se reflete em grande medida nas atitudes que estes têm perante a sua filha. Enquanto Eve é uma mulher explosiva com comportamentos incompreensíveis, por outro Brock é um homem passivo e muito pacato. Mas neste filme nada é o que parece e o ditado "Não julges o livro pela capa" aplica-se na perfeição, vão por mim.
Desde o desaparecimento da mãe que Kat tem sonhos muito idênticos e suspeitos noite após noite. Ela sonha que a sua mãe está a ficar enterrada na neve, ficando pior a cada sonho. Esses sonhos são a chave de muita coisa o que acaba por se revelar algo surpreendente, é como se o sexto sentido de Kat quisesse dizer-lhe algo. Eu adorei esse pormenor, porque inicialmente fiquei meio confusa com aquelas partes dos sonhos, mas mais perto do fim consegui entendê-los.
Não posso dizer que tenha amado o filme, gostei do seu desfecho inesperado, mas achei-o muito rápido. Nós passamos uma hora e tal do filme a querer ter as respostas todas e essas são dadas em apenas dez minutos. É muito pouco e muito apressado o que fez com que o resto do filme tivesse um desenrolar muito lento. Quiseram congestionar pormenores importantes em pouquíssimo tempo e isso não jogou muito a seu favor
Para mim foi apenas um filme ok, deu para entreter e para surpreender no final, mas foi tudo muito a despachar e sinceramente acho que, senão fosse a excelente interpretação da Shailene Woodley e da Eva Green o filme teria sido muito pior, porque elas foram brilhantes no filme.
Classificação: ★★☆

E vocês, já viram o filme? Quem ainda não viu pretende vê-lo?

6 comentários:

  1. Olá,
    Gostei muito do trailer e da tua opinião parece ser um filme que não vou perder.
    Beijinhos e bons filmes, com boas leituras claro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá,
      Foi um filme que me desiludiu um pouco porque esperava outra coisa, mas não deixa de ser um bom filme a ver, pelo menos tem um final bem inesperado. :)
      Beijinhos.

      Eliminar
  2. Olá,

    Por acaso tambem ando em falta em vários blogues a ver se corrigo isso.

    Não conhecia e vejo que não é um filme daqueles que todos devem ver, apenas um filme que dá para passar o tempo :)

    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá,
      Eu ando igual, mas vou tentando atualizar-me aos poucos. :)
      Sim, é precisamente isso. Eu pensei que o filme foi diferente e melhor, mas pronto, não deixa de ser um bom filme para ver, mas sem esperar nada de muito por aí além dali.
      Beijinhos.

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Depois se postares a tua opinião no blog vou lá espreitar. :)

      Eliminar