segunda-feira, 13 de abril de 2015

Filme | Deixa o amor entra

Olá! Hoje trago-vos a primeira opinião de um filme aqui no blog. Andava para ver este há já algum tempo e parece que foi este fim-de-semana que tive finalmente a oportunidade de o fazer.
Posso começar por adiantar que não li o livro, por isso não posso tecer quaisquer comparações entre o livro e o filme. Contudo, há que confessar que depois de ver o filme fiquei com alguma curiosidade em relação ao livro, se bem que com todas as opiniões que li a comparar ambos conclui que a maioria preferiu o filme ao livro, por isso não sei até que ponto me irei arriscar na leitura do mesmo.

Título original: Love, Rosie
Ano: 2014
Duração: 1h42
Elenco: Christian Cooke, Lily Collins, Sam Claflin, Suki Waterhouse, Tamsin Egerton. 
Género: Comédia, romance.
Sinopse: Rosie e Alex são melhores amigos desde os cinco anos, portanto, era impossível tornarem-se namorados... ou será que não? No que diz respeito ao amor, à vida e em tomar decisões acertadas, estes dois são os piores inimigos de si próprios. Aos 18 anos deixam passar a oportunidade... e a vida troca-lhes as voltas, deixando-os separados por um oceano.

Opinião: O filme conta-nos a história de dois melhores amigos desde sempre, Alex (Sam Clafin) e Rosie (Lily Collins). Desde cedo que percebemos que entre os dois existe mais do que eles querem fazer querer, contudo eles são os únicos a não ver o óbvio, não fazendo quaisquer referências ao que sentem um ao outro, nem mesmo no momento em que Alex parte para Harvard com o intuito de estudar Medicina.
Este vai-se passando no decorrer de vários anos, mostrando-nos o decorrer e evoluir das vidas destes dois amigos e de como eles não conseguem viver um sem outro, apesar de todas as coisas controversas que se vão interpondo na sua amizade e os vão afastando, aproximando, afastando e aproximando e assim sucessivamente. Mentiras, casamentos, etc. O que é certo é que a essência da amizade deles continua lá à espera do momento certo para poderem finalmente ficarem juntos.

 Ao longo do filme apercebemo-nos que basta-nos uma escolha errada para as coisas começarem a descambar e nunca mais voltarmos a tomar o rumo das coisas e, é precisamente isso que acontece com as personagens. 
O filme é perfeito porque em 102 minutos faz-nos ter sentimentos muito distintos. Ora soltamos umas gargalhas com as tonteiras da Rosie, ora estamos ali em insânias e fazer figas para que o inevitável finalmente aconteça. 
A comédia presente neste filme não é nada forçada, muito pelo contrário, é realmente leve e divertida. Faz-nos realmente querer rir. Nesse aspeto há que congratular a Lily Collins que conseguiu encarnar a personagem Rosie na perfeição, mostrando a sua espontaneidade que só nos faz querer rir, mas também mostrando algumas das suas fragilidades enquanto mulher. Aliás, na sua generalidade, todos o elenco está de parabéns, porque encarnaram as personagens na perfeição, pelo que posso até correr o risco de dizer que foi escolhido a dedo e escolhido muito bem.
Classificação: ★★
E vocês, já viram o filme ou leram o livro? Se sim, o que é que acharam?

6 comentários:

  1. Ainda nem li nem vi mas parece muito fofinho :)

    ResponderEliminar
  2. Ois,

    estou com a Femme, não li nem vi, mas pelo que percebi vale a pena :)

    bjs

    ResponderEliminar
  3. Olá,
    Também nem li nem vi mas faz o meu tipo de filme.
    Beijinhos e boas leituras.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá,
      Se é o teu tipo de filme tens que ver, tenho a certeza que vais gostar :)
      Beijinhos.

      Eliminar