quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

Balanço literário | 2017

Olá! Quero ver se arrumo o ano de 2017 de uma vez de modo a  focar-me neste novo ano, por isso esta semana vai ser toda dedicada ao balanço do ano de 2017 e depois disto o ano fica arrumado. Confesso que ponderei nem ocupar um post com este balanço dos meus desafios e objetivos literários nada bem sucedidos, mas acho que mesmo assim devo partilhá-lo e desta vez vou investir num ano mais em aberto, quase nulo no que toca a desafios literários e vou simplesmente querer andar ao sabor do vento. Ler o que quero, o que gosto, sem pressões!


Muito resumidamente, estes eram os desafios a que me tinha proposto e esta foi a minha falta de sucesso em qualquer um deles:
  • Desafio Goodreads (Ler 50 livros) - Já ia a meio do ano de 2017 quando deu para perceber que este objetivo não ia ser alcançado e que mais cedo ou mais tarde iria ter que baixar a fasquia e foi precisamente isso que fiz entre Novembro e Dezembro e desci os 50 para 30 livros que li mesmo assim muito à rasquinha. Muitos foram os livros que transitaram de 2017 para 2018 com leituras pendentes, mas leituras começadas e terminadas no ano de 2017 foram só mesmo 30. Um número pouco generoso, mas em contrapartida posso garantir-vos que existiram muito boas leituras.
  • Iniciar, continuar e/ou terminar as séries na estante - Muitas são as séries pendentes na estante, mas apenas uma delas foi terminada e nenhuma delas foi iniciada ou continuada. O que é certo é que muitas foram as séries iniciadas entretanto, mas isso já se começa a tornar um hábito meu.
  • Ler calhamaços - Li vários livros que considero calhamaços, mas nenhum deles estava na minha tbr antes de 2017, por isso não são válidos porque a ideia era ler pelo menos 5 que estivessem na estante.
  • Ler livros da TBR - Mais vale nem comentar quando falhamos redondamente em algo, é o caso desta categoria que tinha tudo para ser a mais bem sucedida de todas, só que não. Continuo sempre mais interessada em ler os recém chegados cá a casa do que em ler os que já cá estão, o que me faz questionar se ainda vale ou não a pena ter tantos livros pendentes na estante.
  • Leituras lusitanas - Uma, uau!
  • Reduzir o número de aquisições - A coisa correu muito bem no início do ano, mas depois começou a descambar seriamente, por isso acho que o melhor mesmo é não fazer contas. Não foi claramente tão mau como o ano de 2016, ainda assim sinto que abusei, tendo em conta as poucas leituras que fiz dos livros que já estavam na estante.
  • Ler livros da biblioteca - Li apenas um e confesso que foi um ano que me desloquei muito à biblioteca, mas já sei de uns livrinhos que vou querer ler em 2018 e requisitar entretanto.
E vocês, conseguiram ser mais bem sucedidos do que eu nos vossos desafios e objetivos literários para 2017?

2 comentários:

  1. Olá!
    Foi um bom ano apesar de tudo. Ler 30 livros é bom. O que importa é ler. Sem pressões. Mas claro que queremos ler sempre o mais possível :)
    Este ano será melhor. Força e foco.
    Beijinho e bom ano de 2018

    ResponderEliminar
  2. Olá!
    Não sei se já tinha comentado este post, mas cá vai. Se é repetido desculpa.
    O que interesse é ler, nem que seja pouco. A vida às vezes atrapalha e não há nada a fazer!
    Bom ano de 2018 cheio de boas leituras.
    Um beijinho e boas leituras.

    ResponderEliminar