sábado, 29 de julho de 2017

Devaneios de uma leitora | Abandonar livros a meio

Olá! Hoje decidi que estava mais do que na altura de trazer algo de novo ao blog, neste caso trata-se de uma rubrica que há muito tempo que andava a pairar sobre a minha cabeça. O conceito é simples e, como o próprio nome indica, serve para falar sobre os mais variados assuntos inerentes na vida de um leitor. 
Para estreia o tópico escolhido foi: deixar livros a meio quando estes não estão a ir de acordo com as nossas expectativas, nem a puxar por nós.

Desde sempre que a partir do momento em eu iniciava uma leitura, sentia desde logo quase que uma imposição de que teria que terminá-la independentemente de estar a gostar ou não do que estava a ler. Mas as coisas mudaram e este ano meti essa ideia para trás das costas. O tempo já anda tão escasso que para mim estar a ocupá-lo a forçar leituras só para inglês ver deixou de fazer sentido.
    Leio porque gosto, portanto também quero gostar daquilo que estou a ler, logicamente. Além disso a leitura deve ser um momento de prazer e não um momento de tédio em que estamos a forçar determinadas leituras.
   A ideia de deixar um livro a meio ainda me causa alguma comichão e até me faz sentir remorsos quando o faço, mas a sério, valerá a pena investirmos o nosso precioso tempo a arrastar leituras que não fazem sentido para nós naquele momento? O meu pior e maior receio é o de estar a negligenciar um livro que até pode ter algum potencial, havendo livros que só mostram o seu melhor no final, mas o pior penso que ainda é sentir que não estou a dar a oportunidade que o autor ou a editora em causa merecem. Por falar em editoras, quando os livros são cedidos por editoras tento ao máximo terminá-los nem que seja pelo menos por respeito ao facto de esta me ter cedido um exemplar, mas já tive um caso em que não consegui terminar um livro que me foi enviado e acreditem que tentei bastante.
  Também acredito bastante na ideia de que por vezes não estamos no mood certo para ler determinado livro, por isso deixá-lo a meio naquele momento e voltar a pegar nele quando nos sentirmos novamente preparados para ele também é uma opção válida. 
   Com isto tudo não quero dizer que sou apologista de deixar livros a meio, mas quando chego a pontos de adiar o momento de leitura do dia porque não estou a gostar do que estou a ler isso já é sinal mais do que certo de que talvez seja a altura de partir para outra. A sensação de tempo ali mal gasto e do dinheiro mal investido é que é por vezes dolorosa, mas faz parte, há que seguir em frente e continuar a dar vazão aos outros livros que estão em espera na nossa estante para serem lidos ou na nossa wishlist. O que não faltam por aí são livros capazes de nos deixar deliciados e satisfeitos após o término da sua leitura.
    Posto isto, o que gostava de saber mesmo é se vocês abandonam livros se não tiverem a gostar do que estão a ler ou se, pelo contrário, optam por começar e terminar todos os livros em que pegam? Estou muito curiosa para saber se sou ou não a única a deixar livros a meio quando não estou a gostar do que estou a ler.

Qual é a vossa posição neste assunto, abandonam ou não livros a meio?

Sem comentários:

Enviar um comentário